The Girls On The Road lança documentário que compartilha o que é ser empreendedora pelos olhos de 10 mulheres

Mais de 300 empreendedoras foram entrevistadas e 10 têm sua história contada no documentário “Do Nosso Jeito” 

 

“Eu acho que é especialmente relevante que o documentário seja lançado agora, nesse momento de profundas perdas para as mulheres, sob várias perspectivas”, diz Taciana Mello, uma das produtoras e diretoras do documentário lançado nessa semana, nas plataformas NOW/Net e Vivo Play, inicialmente. “Mais do que nunca, o mundo precisa sair do discurso e agir para que mulheres sejam apoiadas com investimentos, políticas e mudanças de comportamento”, completa Fernanda Moura.

Em 2018, Fernanda e Taciana lançaram o livro “Do Jeito Delas – Histórias de Mulheres Empreendedoras pelo Mundo”, que reuniu 100 histórias de empreendedorismo protagonizadas por empreendedoras em 24 países. Agora, em meio à pandemia que tem penalizado mulheres de maneira ainda mais dramática, elas lançam o documentário “Do Nosso Jeito”, que traz as histórias de 10 empreendedoras de ambientes sociais e de negócios bastante distantes entre si.

O documentário é o filme de estreia das diretoras e foi concebido para mostrar, segundo elas, o impacto da representatividade. “Exemplos têm o poder de mudar argumentos, atitudes e narrativas”, afirma Taciana. Daí surgiu o interesse de relatar, na forma de um documentário, a jornada empreendedora, os preconceitos e desafios que ainda enfrentam, mas, principalmente, o impacto causado por essas mulheres mundo afora.

“Não se trata apenas de uma questão de igualdade, mas também econômica. Mulheres são chave para o desenvolvimento da economia. Aliás, sempre foram e sempre serão”, destaca Fernanda. Da distante Ruanda ao vizinho Chile, do inovador Israel à potência Estados Unidos, empreendedoras desses países - além de Brasil, Cuba, Líbano, Índia, México e Cingapura – dividem suas trajetórias empreendedoras. Além delas, o documentário traz a opinião de especialistas, investidores e mentores sobre a relevância da presença da mulher no ambiente de negócios e o quanto ainda é preciso evoluir.

As filmagens rodaram 99.534 mil quilômetros, nos 5 continentes, e além da visão do empreendedorismo feminino por essas mulheres e outros players desse meio, também apresenta a realidade feminina no que toca à maternidade e o peso desequilibrado do trabalho doméstico impactando a atuação das mulheres. “Mulheres ainda enfrentam mais obstáculos para empreender e não importa o país, a cultura ou o ambiente empreendedor. A intensidade pode variar, mas os desafios estão lá”, afirma Fernanda.

O papel dos homens também é discutido, principalmente como podem, de fato, fazer a diferença e serem aliados nesse processo de mudança. “Entrevistamos homens que atuam como mentores, investidores e, claro, na posição de ‘homens’. Nenhum mudança será definitiva se eles não fizerem parte da conversa”, enfatizou Taciana.

 

 

Plataformas

O documentário já está disponível no Now/Net e Vivo Play e, nos próximos meses, fará parte do acervo de outras plataformas.

Valor aluguel: R$ 6,90

 

Países visitados


Estados Unidos, Canadá, México, Japão, Coreia do Sul, China, Cingapura, Malásia, Austrália, Nova Zelândia, Brasil, Chile, Cuba, Alemanha, Noruega, Portugal, França, Rússia, Líbano, Jordânia, Israel, Índia, Quênia e Ruanda